PL 5864/16: Comissão adia votação do relatório para esta quarta (9)

PL 5864/16: Comissão adia votação do relatório para esta quarta (9)

COMPARTILHAR

 

thumb_IMG_2779_1024thumb_IMG_2782_1024

 

 

 

 

 

 

 

Assista: https://www.youtube.com/watch?v=A-2VGo1En_Y

 

por Grace Maciel

Dirigentes do Sindicato Nacional dos Servidores Administrativos do Ministério da Fazenda- SINDFAZENDA, assim como filiados (vindos de vários estados) participaram, nesta terça-feira (8), da audiência que discutiu o relatório ao Projeto de Lei – PL 5864/16 que trata da Carreira Tributária e Aduaneira da Receita Federal. A votação do parecer do relator, dep. Wellington Roberto (PR/PB) foi adiada para esta quarta-feira (9), a partir das 13h.

thumb_IMG_2780_1024

A sessão desta terça  objetivou a discussão do projeto que por falta de consenso entre os membros da comissão e por divergências em relação ao texto do relator,  a Comissão resolveu adiar a votação. Mas os discursos dos parlamentares versaram sobre tratamento equânime em relação ao bônus de eficiência para todas as categorias, o que fez crescer a esperança do SINDFAZENDA que mobilizou seus filiados tanto nos estados quanto na Câmara Federal para convencer os deputados de que a categoria também tem direito. O resultado foi satisfatório, pois os deputados, a exemplo do Cabo Sabino, Jô Moraes, Janete Capiberibe que defenderam com afinco a causa dos servidores Pecfaz.

thumb_IMG_2784_1024IMG_2785

thumb_IMG_2783_1024

Vindos de Santa Catarina, Rondônia, Amapá, Minas Gerais e Goiás, os Pecfaz se juntaram aos servidores do Distrito Federal para ratificar a assídua luta do sindicato em prol do bônus de eficiência para a categoria, liderada pelo presidente do SINDFAZENDA, Luis Roberto da Silva.

Foi memorável a garantia pelo presidente da comissão, dep. Júlio Delgado(PSB/MG), de que Comissão Especial tem o compromisso de resgatar a dignidade dos servidores da Receita Federal do Brasil, dos funcionários e do próprio órgão. “Fui convidado pelo então presidente da Casa, deputado Rodrigo Maia (DEM/RJ), para ajudar à RFB na continuidade do seu trabalho e para resgatar algo que foi deixado de lado pelo próprio governo, que ausentou sua manifestação nesta matéria, em detrimento de outras categorias. Fomos incitados para resolver essa questão e esse sempre foi o nosso espírito, de democracia e transparência, e é assim que vamos pautar o PL 5864”, Ressaltou.

Tramitação

O relator se reunirá com o governo em busca de consenso, e o texto poderá sofrer alterações até a sua aprovação pelos deputados que integram a Comissão Especial. Se o substitutivo for aprovado nesta quarta, o PL 5.864 seguirá para o Senado Federal e, após aprovação, para sanção presidencial.

Imprensa/SINDFAZENDA

COMPARTILHAR