SINDFAZENDA contra a Pec da “reforma” da Previdência

SINDFAZENDA contra a Pec da “reforma” da Previdência

Compartilhar

por Grace Maciel

O Sindicato Nacional dos Servidores Administrativos do Ministério da Fazenda- SINDFAZENDA, participou, nesta quarta-feira (12), no auditório Nereu Ramos, na Câmara dos Deputados, de mais um ato contra a Proposta de Emenda à Constituição- Pec 287/16, que versa sobre a ” reforma”  da Previdência. Evento foi promovido pela Federação Nacional do Fisco Estadual e Distrital (Fenafisco).

Durante o encontro, um radar móvel, em formato eletrônico e em tempo real, apontou quais deputados são contrários ou favoráveis da reforma da Previdência. Baseado em uma pesquisa – realizada pela Fenafisco em parceria com o Instituto Brasileiro de Pesquisa e Análise de Dados (IBPAD) – o Radar da Previdência ouviu, até o momento, mais de 200 parlamentares, mas somente 20% dos entrevistados autorizaram revelar o voto e o uso de sua imagem, de acordo com a federação.

Na ocasião, a diretora de Assuntos Parlamentares do sindicato, Neire Luiz, representou o SINDFAZENDA. A entidade já se posicionou firme contra este projeto de reforma, por considerá-lo injusto e, inclusive, “absurdo”, pois seu texto equipara mulheres aos homens, além de aumentar o tempo de contribuição e da idade de ambos. “Imagina um projeto desse passar? Precisamos pressionar os parlamentares. Jamais poderemos aceitar essa barbárie. A mulher tem jornada dupla e até tripla. Querem acabar com nossos direitos de qualquer modo! Lutaremos intensamente para derrubar esse matéria”. Enfatizou Neire.

LUISO SINDFAZENDA participa da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Previdência Social, desde seu lançamento em 2016 e não medirá esforços na luta contra esse ” nefasto” projeto. É tanto que em março deste ano, o presidente Luis Roberto, em nome do sindicato apoiou a iniciativa do senador Paulo Paim (PT-RS), na abertura da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Previdência, com o intuito de levantar os dados reais da seguridade social e ver se “realmente” existe o “rombo” anunciado pelo governo.

Na oportunidade, Luis Roberto parabeniza a Fenafisco, na pessoa do presidente Charles Alcântara, pelo evento que contou com a participação de mais de 30 entidades.

Imprensa/SINDFAZENDA

 

 

 

Compartilhar