Grupo de advogadas cobra maior presença feminina na cúpula da OAB

Grupo de advogadas cobra maior presença feminina na cúpula da OAB

COMPARTILHAR

Um grupo de advogadas planeja lançar no dia 4 de maio o movimento “IgualaOAB: a Ordem é incluir”, para tentar mudar o cenário atual da Ordem dos Advogados do Brasil: embora as mulheres representem 48,2% dos profissionais da advocacia, com base em dados do ano passado, apenas uma advogada é presidente de seccional e dez são conselheiras federais.

Segundo a entidade, o propósito inicial não é apoiar uma ou outra chapa para a eleição, nem mesmo lançar chapa própria. “O objetivo é criar um ambiente de diálogo entre as advogadas, dirigentes e pré-candidatos (as) para que a OAB seja mais inclusiva”. O evento de lançamento será no auditório da Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP).

Fonte: Consultor Jurídico, 20/04/2018

COMPARTILHAR