Concursos públicos federais não acontecerão nos próximos anos, diz Paulo Guedes

Concursos públicos federais não acontecerão nos próximos anos, diz Paulo Guedes

COMPARTILHAR

Paulo Guedes, ministro da Economia de Jair Bolsonaro, afirmou nesta terça-feira (4), que o governo não irá promover concursos públicos nos próximos anos.

O ministro aponta que 40% do funcionalismo federal irá se aposentar em até cinco anos o que representaria um “enxugamento sem demissão”.

Segundo o economista e banqueiro, em audiência da Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados, houve excesso de contratações e “os salários subiram ferozmente”.

Para suprir a ausência de mais de um terço da força de trabalho se aposentando, Guedes diz que o governo irá investir na digitalização e diminuição da burocracia. Como exemplo, citou a simplificação da abertura de empresas e disse, sem entrar em detalhes, que a metodologia será aplicada em outros serviços.

Pedidos de órgãos públicos para realização de concursos públicos futuros terão que passar pelo crivo do Ministério da Economia, que centralizará a análise e só aprovará a abertura em casos excepcionais, segundo o ministro. A proposta de LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) para 2020 não prevê a realização de concursos federais.

Fonte: Brasil de Fato com informações da Agência Brasil