Presidente do Sindfazenda agradece por período de luta

Presidente do Sindfazenda agradece por período de luta

COMPARTILHAR

Bom dia, colegas!

Hoje, 31 de março de 2020, estamos comemorando 15 anos de criação do nosso sindicato, mas também é meu último dia como presidente desta grande instituição de defesa dos servidores do Plano Especial de Cargos do Ministério da Fazenda – PECFAZ, e por circunstância de nossa política, também passamos a ser defensores de todos os servidores técnico-administrativos do atual Ministério da Economia.

Foi, e está sendo, muito gratificante ficar à frente de nossa luta. É uma função altamente estressante, muitas vezes, pois em função do cargo somos obrigados a sublimar nossa própria opinião, já que o que deve prevalecer é a opinião da maioria. Alguns, por vezes, diziam que eu não tinha opinião, ao contrário, tenho opinião forte sobre quase todos os assuntos, mas em respeito à liberdade de decisão de nossos filiados devo acompanhar o que é deliberado pela maioria, mesmo indo contra meu entendimento. ISSO SE CHAMA LIBERDADE. Sabemos que acertamos e também erramos, mas tudo foi feito tentando melhorar e defender os interesses de nossos filiados.

LIBERDADE, que palavrinha linda. Mas não podemos confundir liberdade com libertinagem. Liberdade significa RESPONSABILIDADE. Responsabilidade em participarmos, deliberarmos e assumirmos nossos posicionamentos.

Sindicatos existem em função da participação de seus filiados. Então, quanto mais filiados, maior é o seu sindicato. Quanto maior a participação desses filiados, maior será o seu sindicato. Quanto mais crítica CONSTRUTIVA, maior é o seu sindicato. Participe sempre, critique e proponha caminhos que julgar o melhor para a vitória de nossas lutas. Essa participação e críticas devem ser feitas pela sua participação em nossas assembleias. Diante disto, gostaria de agradecer a todos os filiados que participaram de nossas assembleias e propuseram caminhos para nossa luta.

Gostaria de agradecer aos membros da Diretoria Executiva Nacional, aos membros do Conselho Fiscal Nacional e aos nossos Representantes Regionais. Todos, de alguma forma, contribuíram para o fortalecimento de nossas lutas. Tenho certeza que cada um fez o que foi possível, dentro de seus limites, para o fortalecimento de nossa luta.

Gostaria também de agradecer nossos colaboradores, sejam as funcionárias Adriana, Delma, Dyana e Isabel ou nossos filiados que se dispuseram a desenvolverem atividades sindicais em Brasília ou em seus Estados, mesmo não fazendo parte de cargos diretivos.

Também gostaria de agradecer aos dirigentes da CSPB e da NSCT, e de outras entidades sindicais, que nos ajudaram a chegar até aqui. A luta se faz forte quando nos unimos naquilo que é comum a todos.

Enfim, sem citar nomes, para não cometer injustiças, gostaria de agradecer a todos que de alguma forma contribuíram para que nosso SINDFAZENDA tenha crescido nos últimos anos. Hoje somos muito maiores e mais forte do que em 2005, quando nascemos.

Precisamos crescer e nos fortalecermos ainda mais, pois os tempos são sombrios e nosso futuro, o futuro de todos os trabalhadores, estará em jogo nos próximos anos.

E não se esqueça, NOSSO SINDICATO É DE TRABALHADORES e não de patrões. O que conquistamos até o momento chama-se DIREITOS TRABALHISTAS e NÃO PRIVILÉGIOS. Precisamos permanecer unidos e fortes, para não permitir a retirada desses direitos e, ainda, buscarmos a conquista de novos direitos trabalhistas, pois somos nós que geramos as riquezas desse País.

Hoje, independentemente de quem você votou nas últimas eleições, precisamos ter em mente que temos como patrão (Governo) alguém que quer nos destruir. Destruir a todos, trabalhadores da iniciativa privada e nós, servidores públicos. Mais uma vez, o que temos, e que estão querendo destruir, são DIREITOS TRABALHISTAS e NÃO PRIVILÉGIOS, portanto precisamos ficar cada vez mais unidos para fortalecermos nosso sindicato, assim como também precisamos que as entidades sindicais, de todos os graus, se unam numa mesma luta: IMPEDIR A RETIRADA DE DIREITOS.

A luta sempre precisa continuar! Nesse sentido gostaria de desejar a nova Diretoria Executiva Nacional e ao Conselho Fiscal Nacional e aos novos Representantes Regionais, triênio 2020/2023, na pessoa da presidente da DEN, Neire Luiz, uma boa gestão nesses próximos anos. Sabemos que a luta não será fácil, mas não podemos esmorecer. Estarei à disposição, sempre que chamado, para dar minha contribuição e ajudar naquilo que estiver ao meu alcance.

Para a nova DEN digo para não desistir de nenhuma luta, mesmo que pareça quase impossível. O não está sempre à frente, mas se procurarmos, sempre existe a possibilidade do SIM. Deem continuidade nas atividades que julgarem corretas, corrijam aquilo que for necessário.

Neire, como presidente, você se verá cercada de várias opiniões, todas bem-intencionadas, mas não se esqueça de sempre se perguntar:

– O que o SINDFAZENDA defende?
– Quais os resultados possíveis para cada decisão tomada?
– Essa decisão serve aos interesses da maioria ou de algum grupo?
– Será que essa decisão é minha ou dos filiados?
– Realmente esse conselho é para o bem da categoria ou pode prejudicar?
– Essa decisão é um passo a mais no alcance da nossa luta?
– Podemos fazer diferente?
– O que eu penso disto?

Por fim, gostaria de conclamar os servidores técnico-administrativos do ME para se integrarem e inteirarem das atividades sindicais. Precisamos do engajamento dos mais novos em defesa de seus próprios interesses. Sem lutar não alcançaremos nossos objetivos. Precisamos de renovação, mas essa renovação não pode ocorrer com ruptura, o conhecimento precisa ser compartilhado e isso só ocorrerá mesclando novos e antigos.

Venham participar, aprender e ensinar. Só assim a luta terá êxito.

Filie-se e Fortaleça seu sindicato!

Luis Roberto da Silva
Presidente SINDFAZENDA

 

 

COMPARTILHAR