SINDFAZENDA tem primeira reunião de titulares da DEN deste triênio

SINDFAZENDA tem primeira reunião de titulares da DEN deste triênio

COMPARTILHAR

  • por Grace Maciel

O Sindicato Nacional dos Servidores Administrativos do Ministério da Fazenda- SINDFAZENDA, realizou nesta quinta-feira (28), a primeira reunião da Diretoria Executiva Nacional – DEN, através de plataforma virtual teamlink (método adaptado por causa da crise do novo coronavírus que impossibilita a mobilidade dos integrantes do sindicato) para discutir entre outros pontos, sobre como será a atuação das pastas pré e pós-pandemia.

Foram colocados também em pauta: a mudança de endereço do sindicato, agora com a aquisição da nova sede, plano de saúde (uma empresa ficou de apresentar uma proposta de plano regional, contudo, até o momento, ainda não apresentou), definição de calendário de reuniões e outros assuntos de interesse da categoria.

Participaram do evento online: a presidente Neire Luiz; o vice-presidente Orlan Oliveira; a secretária-geral, Jecirema Carvalho; o diretor de Administração e Finanças, Luis Roberto; a diretora de Ass. Parlamentares, Irismar Miranda; a dir. de Formação Sindical e Relações Intersindicais,Wylinete Cavalcante; o dir. Jurídico Samuel Alves do Monte; o dir. de Aposentados e Pensionistas, Sivaldo Fernandes, a assistente do Dep. Jurídico, Isabel Ataíde, e as assistentes Adm. Delma Oliveira e Dyana Sousa.

A presidente abriu o primeiro encontro  e passou a palavra para os novos diretores apresentarem suas propostas. Começou por  Sivaldo:

“Nós temos competência e determinação para realizarmos um bom trabalho, cada um em sua respectiva área de atuação. Já estou com meu plano de trabalho pronto e vou arregaçar as mangas. Submeterei à DEN na próxima semana a minha proposta de trabalho para o triênio 2020/2023. Trata-se de uma proposta de trabalho volumosa e estou preparado para atuar com rigor no intuito de solucionar as demandas reprimidas dos nossos filiados e lutar veementemente para a filiação de novos colegas objetivando aumentar a força de nossa luta. Sabemos que esse governo é intolerante com o movimento sindical, mas faremos o que for possível no enfrentamento e não mediremos esforços para cumprir nossos propósitos”. Destacou.

Já Wylinete defendeu o trabalho de formação sindical a ser iniciado pela Diretoria Executiva de forma ampliada, também com os suplentes, para que seja definida e alinhada a forma de trabalho, pois de acordo com a diretora há um choque de ideologia e pretende dar continuidade ao projeto de formação com representantes regionais e filiados, diretamente com a base. “Assim que a pandemia acabar precisamos retomar a formação sindical, levar discussão nos estados, in loco , para os jovens, principalmente depois de todos os ataques aos servidores públicos. Precisamos fazer nosso dever de casa dentro do nosso grupo”. Ressaltou.

Íris Miranda falou sobre a dificuldade de sua pasta no momento atual, visto que as votações no congresso nacional estão sendo virtuais, mas disse que acompanha as propostas e os projetos e se atualiza através da assessoria parlamentar do sindicato que passa informações. A diretora deixou claro que está sempre atenta, trabalhando e enviando e-mails para os parlamentares. “Apesar desse momento difícil pelo qual passamos estou atenta às demandas dos filiados, participo das reuniões das Frentes Parlamentares, acompanho as matérias de interesse da nossa categoria e do serviço público de modo geral, discuto sempre com o Luis e a Neire para buscarmos soluções”. Ela sugeriu, na ocasião, que a diretoria fizesse um relatório semanal do trabalho remoto que cada um está realizando em suas respectivas pastas para dar uma satisfação à base.

Samuel sugeriu fazer “live” para sanar dúvidas dos filiados, na condição de diretor jurídico e advogado, o que foi bem acolhido por todos, já que o departamento Jurídico tem muitas demandas e os filiados muitos questionamentos. Ficou estabelecido que em junho haverá esse primeiro encontro virtual que terá uma periodicidade, uma forma de aproximar os filiados das pautas desta área no sindicato com o objetivo de esclarecimento em que os filiados enviam as perguntas por e-mail e o diretor responderá a todas online.

O ex-presidente por dois mandatos, agora na condição de dir. de Adm. e Finanças, Luis se colocou à disposição, com sua vasta experiência sindical, para apoiar os novos diretores no que precisarem, tanto na questão logística quanto de estrutura. O que deixou os colegas felizes, pois já iniciaram a gestão de forma atípica por causa do momento pelo qual passa o país, e muitas coisas estão fora do convencional e precisam ser readaptadas. Na ocasião, o líder sindical deu a notícia da nova sede, uma conquista pautada no projeto da chapa que já iniciou as atividades com a concretização deste sonho e promessa de campanha.

Orlan disse que pretende uniformizar as ações do sindicato, traçar um quadro de perfil detalhado com os servidores para padronizar políticas e direcioná-las, além de criar um plano de urgência. O vice-presidente enfatizou que quando acabar a pandemia também pretende definir estratégias de um plano financeiro para os Pecfaz, já que nesse período não há possibilidade, mas que vê como algo de “extrema urgência”, pois segundo ele o salário da categoria está defasado.

Uma das fundadoras do Sindfazenda, e ex-presidente por dois mandatos, agora secretária-geral, Jecirema, que estará à disposição da presidência, deu às boas-vindas à nova diretoria e agradeceu a confiança que depositaram neles (Jecirema, Luis e Neire).

A presidente encerrou a reunião que durou cerca de 2 horas com uma mensagem de otimismo:

A presidente encerrou a reunião que durou cerca de 2 horas com uma mensagem de otimismo:
“O momento é delicado, mas vamos nos manter fortes como família e ter paciência que tudo isso vai passar. Apesar da situação delicada, do governo está jogando duro, estou certa de que com união nós vamos conseguir vencer esse momento difícil. Mesmo com toda dificuldade estamos fazendo o possível e trabalhando bastante. Obrigada por vocês confiarem em minha gestão!” Finalizou Neire.

Imprensa/SINDFAZENDA

Galeria:

COMPARTILHAR